terça-feira, janeiro 13, 2009

É...


Não! Realmente não ando lá  muito bem! É que tem hora que um caminhão de saudade faz a curva sem avisar e me acerta em cheio ! Então eu saio catando memórias espalhadas pelo asfalto, pela sala, pela , praia, pela noite , pelo quarto...
E outro cigarro me assusta ao me deparar com minha nova face no espelho. 
Onde está o  sorriso que estava ali?? Essa ar desconhecido não é meu!
Bobagem... Tudo se resume em espanto e esse espanto tem forma de eco. De um lado pro outro e o tempo criado conta. O que será que existia na segunda rua á direita que eu nao segui?
Agora ! E agora?? Agora de madrugada e esse silêncio chato me ouvindo calado, mudo, com cara triste de quem de verdade está dividindo essa dolorida taça de vinho.
Eu fico pensando o que aconteceria se as contas estivesse vencidas,  o condominio atrasado, a luz cortada e a cabeça no espaço... Ainda bem que existe amanhã...

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...