quinta-feira, outubro 29, 2009

No Smoke


Eu tenho uma arma secreta
Uma bomba guardada
Prestes a causar
Total destruição

Essa bomba que pulsa
Pula! Palpita!Grita!
Sai do lugar
Desorbitando o mundo!

Interno beijo perdido
Sabor afastado
O lado de lá
Que hei de buscar

No momento final
Na música baixinho
Na bravura do espinho
Que protege a flor !

domingo, outubro 25, 2009

Posted by Picasa

sábado, outubro 24, 2009

Perdão Tristeza


Venho te pedir perdão , oh tristeza!
Por ter te enganado por tanto tempo
Fazer do seu manto meu lamento
E da sua paz a minha loucura!

Não era minha intenção, minha amada
Deixar-te agora sem horizonte
Sem onde ir
E sem ninguém pra dividir a dor!

Recolho agora o meu casaco
O meu velho chapéu
Pois apesar de tudo, invisivel
Sei que faz frio lá fora

Saio então de cena, imaculada tristeza
Deixo um aceno como lembrança
E te empresto um pouco do sorriso
Que agora me inunda a face!

Magia Engarrafada




Desce a garganta e queima
Meu corpo por vezes teima
Pela magia etílica e exagerada
Loucura reversível e engarrafada

Que provoca risos sem sentido
Desregula qualquer comedido
Acelera a rotação da terra
Descomunal, mas logo se encerra

Enquanto não vou orbitando
Entre risos e copos tilintando
Meio a anjos e demônios sigo
Sempre atento a qualquer perigo
Pisando em nuvens, vou andando

Cachorros latem na rua
Meu peito quente e confortável
Até que a lucidez reconstitua
Viverei o efeito admirável
Desse corpo que agora flutua...


(Max Poeta)

quarta-feira, outubro 21, 2009

Prallini De Mim


Hoje nessa mesa
Apenas dois copos:
Estou me convidando
Pra beber comigo!
Quero saber as novidades
Tudo o que esteve do lado de lá
Quero todas as boas-novas
O lado apagado do coração...
Me conta agora , minha parte!
O que aconteceu durante esse tempo?
Se apaixonou?
Pensou na morte?
Ainda gosta "on the rocks "?
Já pensou em se mudar??
Diga agora , outro lado!
E aquela depressão?
Curastes com a noite vazia
Com as doses de alcatrão
Ou deixastes tudo oculto
Espalhado no porão???
Fala da sua nova alegria!
Se um novo sonho brotou!
Me conta aquela velha piada
E me empresta seu sorriso de amor
No final, vamos juntos pra casa
Deixa a conta por pagar
Mexemos no mesmo bolso
E voltamos pro mesmo roteiro
Pro mesmo lamento
Debaixo do dia chovendo
É bom te rever passando, feliz...
Desafiando a cidade, os olhares
E o próximo mágico avião...

segunda-feira, outubro 12, 2009

Vozes


Procuro as palavras sempre que falta voz. A voz ao lado. A voz distante. A voz.
E essa voz não esta presente não por falta de vozes , mas sim pelo silencio irriquieto que passeia pela casa.
Me acompanha todo o alfabeto , onde as letras bailam fora de ordem dentro da minha mente ,e, as vezes, uma ou outra visita o coração.
O passo do silêncio convida as palavras e o pensamento é um dos protagonistas desse encontro. Então surgem lembranças, desejos, saudades, tristezas , todas essas variaveis que vem fantasiadas de esperança. Um copo de amor na mão! Um aceno solto no ar!
Descubro cada palavra no instante que mais desconheço, nas entrelinhas da possivel confusão e no estalo que forma um lamento, uma celebração.
Tento ordenar este livro inacabado dessa história inventada por Deus e escrita por mim.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...