domingo, maio 30, 2010



Uploaded with ImageShack.us



Uploaded with ImageShack.us

Teste sua Sanidade Mental





É muito relativo falar da loucura, para as mentes mais fechadas se lembrem que existe mediunidade, dentro outras coisas que são consideradas dons como telepatia, clarividencia que se encaixa em mediunidade.
Mediunidade e loucura parecem ser algo que sempre terá um ponto de interrogação.
Porque os loucos veem e sentem coisas que as pessoas normais não são conseguem, e exatamente isso é a mediunidade os medium veem, sentem coisas que grande parte das pessoas são inaptas para isso.
Loucura seria um termo perjorativo que eu acho melhor usa-lo quando voce sabe que esta agindo diferente mas é ciente de mudar a atitude, é dessa maneira que eu analiso musicas que falam do tema, porque loucura ou não o cantor compositor expressou algo que foi aplaudido e não foi classificado como um verdadeiro disturbio mental.
Neurose obsessiva compulsiva, esse tipo de desordem mental é aquela mania que vc pode ter chamada de TOC, transtorno obsessio compulsivo, o habito de fazer coisas milhares de vezes sem estar sendo momentaneamente capaz de quebrar esse habito, porque na cabeça dos obsessivos a tal mania é como se fosse um dever a ser cumprido.

---> Neurose fobia, é o medo. Medo irracional ou as vezes traumatico.

---> Neurose histérica, se caracteriza por sintomas físicos e mal estar mas a pessoa não possui nenhum problema de saude (diagnosticado) é tal doença psicologica.

---> Neurose traumática, é uma situação de estresse profundo diante de uma situação que a pessoa enfrentou e no momento não sabia lidar com aquilo de maneira psicologica aí se desenvolve a fobia e os traumas.

---> Paranóia, os portadores deste desequilibrio sofrem a paranoia por alguem ou algo porem todo resto da realidade não é afetado, a pessoa paranoica leva uma vida normal execeto na area em que esta ocorrendo o delirio, por exemplo "amor platonico"
"delirios de estar sendo perseguido". É um unico delirio sem explicação e comprovação alheia ou seja somente o paranóico sentem.

---> Esquizofrenia, esse desequilibrio creio eu ser terrivel ele possui 2 lados os sintomas negativos incluem:
* isolamento social
* lapsos de memoria
* incapacidade de organização seja ela do ambiente em que se vive, como da propria manutenção de uma rotina diaria.
* facilidade de desperdiçar tempo demasiado em um unico assunto, como viajar em pensamentos infundaveis... sonahr acordado.
* falta de afeto e empatia, tipo aqui as siatuações perdem os valores nem sempre o esquizofrenico sente raiva de algo: um dia ele ama cachorro e no outro tem uma extrema repugnancia pelo animal.
* perda da libido
etc...
os sintomas positivos são as alucinações visuais, auditivas, delirios psicologicos etc... distanciamento de si mesmo como caracteristicas da personalidade, fazer decisões sem motivos justificaveis.

---> Depressão
---> Transtorno do Pânico
---> Despersonalização e desrealização: aqui voce sente-se dentro de um sonho, a fala fica atrapalhada, o raciocinio confuso, perde-se o prazer pelas coisas, a realidade fica distante, não se sente dor, apenas quando voce causa ela, lugares cheios, multidões apenas aumentam a perde de equilibrio.

Pra entender melhor essas crises assistam o filme NUMB com Matthew o filme é bom apesar de ter sido muito "normal" digamos assim, porque na despersonalização as vezes as crises chegam ao ponto de voce desconhecer pessoas que vivem com voce.

Abaixo, um teste pra sua sanidade!


http://www.rioserv.com.br/testesanidade.htm

O Louco


O louco desceu as escadas
Acendeu um cigarro
Olhou da janela
E sorriu com o vento...

Adentrou-se no bar
Pediu uma coca
Falou com a tv
E gritou por pastel

Lembrou-se da vida
Da vida florida
Do tempo do amor
Pedaço do céu

Sacou um revolver
Mirou na cabeça
Fez " bummm " com a boca
E se pos a correr...

quarta-feira, maio 26, 2010

Industria Farmaceutica: Ilícitas e Lícitas

Os verdadeiros interesses!






A que ponto chega a falta de respeito!

Esses pseudo-comediantes e a sua falta de talento....
Há de se apelar , desrespeitar e cair no mais cumulo ridiculo em troca de parecer de vanguarda...Lamentavel e sofrivel...


Manifesto 1


E eis que surge o homem-robo! O filho bastardo da ciencia!! Aquele que precisa dos fatos como precisa das fotos! Esta totalmente programado ao contrario e evita falar em bombas,em miseria, em manipulaçao e em conspiraçoes! Claro que não! Não! Esta tudo bem claro diante meus olhos! O mundo avança de acordo com a ciencia que provem da chave do pecado: O conhecimento!
Entao as estatuas copias divinas perfeitas, assim como a luz falsa, acreditam sim serem Deus e querem de tudo..mais,..sempre mais..inclusive inventar e reinventar a criaçao…
Homens da ciencia e dos simbolos: Carrego minha cruz!


Dominação através do Medo

domingo, maio 23, 2010

Brasil testa maconha para tratar Parkinson




Pesquisadores da Faculdade de Medicina da USP de Ribeirão Preto e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Translacional em Medicina testam o canabidiol – uma das 400 substâncias encontradas na maconha – para tratar males como a doença de Parkinson, fobia social e sintomas psicóticos da esquizofrenia.

Um trabalho publicado em novembro de 2009 traz resultados promissores para controlar efeitos adversos do tratamento do Parkinson. Seis pacientes receberam cápsulas de canabidiol em associação ao remédio contra a doença durante um mês.

“Os parkinsonianos apresentaram melhora nas alterações de sono e nos sintomas psicóticos e tiveram maior redução dos tremores”, diz o psiquiatra José Alexandre Crippa, professor do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da faculdade e um dos pesquisadores.

Outro estudo com dez pacientes, que será publicado ainda em 2010, demostrou que o canabidiol tem efeito ansiolítico contra a fobia social, que gera sintomas como medo de falar em público. Os voluntários receberam a substância uma hora e dez minutos antes de um teste que leva à ansiedade e placebo, para comparar os resultados.

Por causa desses efeitos, pacientes costumam procurar a erva, ainda que sem conhecer as propriedades dos compostos específicos, para se sentirem melhor. Estudos mostram que veteranos de guerra consomem mais maconha, assim como pessoas com transtornos psiquiátricos, em comparação com a população em geral.

“Pacientes com transtorno obsessivo-compulsivo e com mania dizem que podem ouvir do médico os melhores argumentos para pararem de usar maconha, mas não vão parar porque se sentem nitidamente melhor. Mas é obviamente desaconselhável o uso não terapêutico da erva, porque pode piorar os sintomas psicóticos. É um paradoxo, porque as substâncias podem ajudar a tratar problemas, mas quem fuma não sabe o que está inalando, desconhece a proporção dos compostos”, diz Crippa.

Dificuldades – No Brasil, não há autorização para o uso terapêutico de nenhuma substância derivada da Cannabis sativa (nome científico da maconha). Mas em outras partes do mundo tanto o canabidiol quanto o TCH (delta 9 tetrahidrocanabinol) – os compostos derivados da erva mais estudados- são utilizados para tratar também dores neuropáticas, náusea e vômito causadas por quimioterapia e esclerose múltipla.

Eles são disponíveis em forma de cápsulas, spray bucal e adesivo e podem ser inalados – em alguns estados dos EUA, pacientes são autorizados a fumar maconha com teores mais elevados de TCH para tratar algum problema.

Elisaldo Carlini, psicofarmacologista e diretor do Cebrid (Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas), da Unifesp, afirma que é muito difícil importar o material necessário para pesquisas. “Em termos de lei, está tudo na estaca zero. Por aqui, não se reconhece a maconha como remédio de jeito nenhum”, diz.

Para tentar organizar o estudo sobre o uso medicinal da maconha no Brasil, o Cebrid organizará em maio de 2010 um simpósio que reunirá pesquisadores, sociedades científicas e representantes do governo.

Pesquisadores defendem a criação da Agência da Cannabis Medicinal, uma exigência da ONU para que um país possa usar clinicamente os medicamentos à base de derivados da erva. A agência seria vinculada ao Ministério da Saúde.

“Não tenho nenhuma dúvida de que a maconha é importante. No passado, foi considerada um dos principais produtos para combater dores miopáticas, chamavam-na de divindade da neurologia. Mas não se pode usar a torto e a direito sem indicação médica. O controle é importante”, afirma Carlini.

segunda-feira, maio 17, 2010

Eu vou sair correndo


Bom dia! Devo dizer que os pensamentos estao variando, os porques girtam cada vez mais alto no meu ouvido e meu sapato ja aperta os pés. Busco uma paz invisivel num sorriso futuro, presente, num estado de imaginação fértil que me conduz aos céus.
Me cansei de estar parado por aqui, olhando o bailado lento das árvores e os passaros que nao estao nem aí pra nada. Me cansei também de olhar no espelho um quase eu, um belo esboço do que eu queria de verdade.
É tão insano que abandonei as garrafas, abandonei a ilusão que as esrelas e a lua trazem: Quero estar naquele avião que passa lá no alto, e nem preciso saber pra onde é que ele vai...
Vou esquentar minha comida, beber um copo de água gelada e logo depois vou sair correndo sem avisar e sem pensar mais de uma vez...

segunda-feira, maio 10, 2010

Memórias Coloridas


Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossílabo. Plural. Só. Viajante. Caseiro.

Se eu pudesse retornar à minha casa, eu voltaria sem sapatos, de camiseta rasgada e com uma fome imensa. Voltaria com um sorriso aberto, uma sede insandecida de saudade e uma caixa de cerveja.

Eu abraçaria minha mãe de tal maneira que exalasse todo o amor, lhe entragaria o presente do mundo, perfumaria o seu ar, cada segundo, todo minuto.

Faria das horas seres invisíveis, contaria repetidas vezes a mesma história que instantaneamente traria a gargalhada solta no ar. Vulcão de felicidade!

Se eu pudesse voltar agora de onde eu nunca deveria ter me afastado, eu levaria um livro colorido com um milhão de novas aventuras, desafiaria as estradas e o avião noturno e juraria entre mil orações que nunca ia temer o ar!

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...