quarta-feira, maio 30, 2007

Simples


Tenha sempre esperança
Mesmo que seja
Num simples bilhete
De loteria!

Na suave dança
Das nuvens bailarinas
Num cenário
De raio de sol!!

No café da manhã
Na saudade que aperta
Na velha promessa
De ano novo!!

Tenha sempre esperança!
A cada negação
A cada chance
E na estrada colorida que te leva!

Tanto Faz






Tanto faz
Se a música da chuva é nova
Se a cidade sorri a noite
Tanto faz ...

Sempre aquela explosao
Outra vez um porre seco num copo invisível...
De novo a vida distante
Num livre arbitrio que deseja matar...

Há na porta um risco pálido
O rabisco esquecido!
O espaço vazio da sala
Assiste o desabrigado embriagando-se...

Tanto faz agora
Se é no intervalo dos gols noturnos
Ou na janela aberta da chuva que molha a cama
Agora : tanto faz...!!!!

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...