domingo, abril 24, 2011

75 Bandas de Rock

sábado, abril 23, 2011

Exclamação de Amor!

Amor!!!!!!!!!
Amor!!!!!!!!
Amor!!!!!!!
Amor!!!!!!
Amor!!!!!
Amor!!!!!
Amor!!!!
Amor!!!
Amor!!
Amor!
Amor
Amo
Am
A
.

segunda-feira, abril 18, 2011

Desfazendo


O tempo,
Os fatos do tempo
Me fizeram mais forte
E mais louco!
Perdendo de muito pouco,
Entendo o mundo todo,
E enlouquecendo gradativamente,
Suavemente enlouquecendo...
Lendo o meu oposto,
Desentendendo a compreensão,
Cortando a mata do meu coração
Numa chuva fina que leva forte
Tudo que está ao meu alcance...
Meu campo de visão...
Meu raio de ação...
Que mil raios me partam então,
Bem nessa hora da madrugada,
Onde já não sei mais de nada,
Onde se  confunde comigo
Tudo aquilo que não sou!

sábado, abril 16, 2011

Martin Heidegger


Quando a tecnologia e o dinheiro tiverem conquistado o mundo; quando qualquer acontecimento em qualquer lugar e a qualquer tempo se tiver tornado acessível com rapidez; quando se puder assistir em tempo real a um atentado no ocidente e a um concerto sinfônico no oriente; quando tempo significar apenas rapidez online; quando o tempo, como história, houver desaparecido da existência de todos os povos, quando um esportista ou artista de mercado valer como grande homem de um povo; quando as cifras em milhões significarem triunfo, - então, justamente então – reviverão como fantasma as perguntas: para quê? Para onde? E agora? A decadência dos povos já terá ido tão longe, que quase não terão mais força de espírito para ver e avaliar a decadência simplesmente como... Decadência. Essa constatação nada tem a ver com pessimismo cultural, nem tampouco, com otimismo... O obscurecimento do mundo, a destruição da terra, a massificação do homem, a suspeita odiosa contra tudo que é criador e livre, já atingiu tais dimensões, que categorias tão pueris, como pessimismo e otimismo, já haverão de ter se tornado ridículas.

O Velho e o Moço

"Ahhh
Ora, se não sou eu
Quem mais vai decidir
O que é bom pra mim?
Dispenso a previsão!
Ah, se o que eu sou
É também o que eu escolhi ser
Aceito a condição
Vou levando assim
Que o acaso é amigo
Do meu coração
Quando fala comigo,
Quando eu sei ouvir... "

segunda-feira, abril 11, 2011

Sim, sei bem
Que nunca serei alguém.
Sei de sobra
Que nunca terei uma obra.
Sei, enfim,
Que nunca saberei de mim.
Sim, mas agora,
Enquanto dura esta hora,
Este luar, estes ramos,
Esta paz em que estamos,
Deixem-me crer
O que nunca poderei ser.

quinta-feira, abril 07, 2011

Bastardos Inglórios

Durante a Segunda Guerra Mundial, grupo de soldados americanos judeus é conhecido como "The Basterds" (os bastardos). São eles os responsáveis por espalhar o medo e o terror no Terceiro Reich, escalpelar e assassinar brutalmente os nazistas. É nesse ambiente que eles cruzam o caminho de uma jovem judia que tem um cinema em Paris e é alvo dos soldados.

sábado, abril 02, 2011

Encarnecedor!

Pane geral! Sistema nervoso em colapso! E o meu sentido esta sem sentido e eu sinto muito...Confissoes, coraçao,confusao e todo o teto desabando sobre nossas cabeças, e o pior de tudo é que nem existe terremoto!
Desisti do cigarro! Estou de mal da bebida... Tudo se fundindo e me f.errando..........Tudo aquilo que era cotidianamente doce...bom.... Rasgo os versos feios que fiz no papel e os conservo fantasmas em minha cabeça...Proporções ilimitadas de tudo aquilo que me espera na beira do rio , na paz da fumaça que ja nao vem do cigarro apenas e que é suficiente pra me deixar pensando em felicidade....
A cidade esta inanimada ! A cidade sempre esteve inanimada! Em pavor me pego quando me dou conta de que nós fantasmas encarnecidos é que damos o tom do movimento animado que faz a cidade ter cara e percepção de cidade...ou seria outra palavra?? Cidade?? Cidade poderia ser Sorvete...e sorvete poderia significar cidade...Quem será o genio que deu nome , no dito nome, para toda a concepção das coisas???????
Esta muito dificil...Esta muito ao contrário ... O meu vício se tornou ficticio e fica mais enlouquecedor saber que a abobora se transforma em carruagem e faz o mundo parecer bom!!!!!!

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...