quinta-feira, dezembro 30, 2010

Errado??

sábado, dezembro 25, 2010

O Amor lava os sapatos da Paixão

O amor lava os sapatos da paixão.
Enquanto a paixão volta cambaleante e embriagada para sua casa, o amor colhe seus passos.
A paixão corre louca, tropeça, se deixa ferir nos espinhos do inesperado, enquanto o amor lê calmamente o jornal. A paixão quebra as conveniencias, sorri em gargalhadas, despeja e despreza as melhores cores e os melhores vinhos. Já o amor assiste a tudo pela janela sentindo a ausencia das lágrimas que ja nem caem mais.

sexta-feira, dezembro 24, 2010

Palavrinhas

video

sábado, dezembro 18, 2010

PEQUENO ESCLARECIMENTO


PEQUENO ESCLARECIMENTO
Os poetas não são azuis nem nada, como pensam alguns supersticiosos, nem sujeitos a ataques súbitos de levitação. O de que eles mais gostam é estar em silêncio - um silêncio que subjaz a quaisquer escapes motorísticos e declamatórios. Um silêncio... Este impoluível silêncio em que escrevo e em que tu me lês.
Mario Quintana - A vaca e o hipogrifo

segunda-feira, dezembro 13, 2010

Nada É Impossível De Mudar



Desconfiai do mais trivial ,
na aparência singelo.
E examinai, sobretudo, o que parece habitual.
Suplicamos expressamente:
não aceiteis o que é de hábito como coisa natural,
pois em tempo de desordem sangrenta,
de confusão organizada, de arbitrariedade consciente,
de humanidade desumanizada,
nada deve parecer natural nada deve parecer impossível de mudar.
Bertolt Brecht

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...