quinta-feira, agosto 09, 2012

Eu gosto de caminhar pela orla

Eu gosto de caminhar pela orla. Eu gosto do vento que me acompanha indiferente e que me traz o cheiro da vida. Caminhar para mim e ler um livro vivo: Vejo diversos personagens fantasticos!
 Existem fadas, monstros ,  muitos retardados e tantos outros nao menos incriveis,porém ,os que mais me causam impacto são os mortos vivos!Esses em especial não pediram e nao pedem nada,muito menos  serem transeuntes mórbidos, que não entendem quase nada e dançam a música da telenovela...
O som que vem do invisivel tambem me liberta. Não sei se é a musica do mar ou fruto de uma minha possivel loucura. Existem coisas que quero escutar ate mesmo para me proteger...Fases estranhas. Mundo da lua.
Carrego sempre quase nada comigo! As vezes me permito um cigarro, noutras o velho celular, mas devo lembrar sinceramente que peço a Deus para que ele não toque me despertando então desse lado particular no qual me embaraço constantemente.
Prefiro a tardezinha do que as manhas e as noites. As tardes parecem estar ligadas a 1000 woltz. Energia total! Oxigênio! 
Elas nao mostram no corpo a saudade da cama que as manhas revelam e nem a pressa do dia seguinte que as noites escondem...
Gosto de andar na orla! Gosto dos proximos passos que invento e da ficção que me aflorece a vontade de sair caminhando em busca dos pedaços que ainda hei de encontrar...

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...