terça-feira, abril 21, 2009

Transborda meu coração quando chove em Candeias


Chove em Candeias e meu coração transborda!

É o cheiro da terra molhada. Transborda com o chato bemtevi e com toda sua turma de almas penadas.

A minha rua que leva ao mar na sua certeza sorridente já conversa comigo! Posso ouvir a cada passo os relatos da memória dizendo o quanto foi bom... Quero continuar na rua da memória!

A brisa leve...

Esse meu andar inconstante...

Essa mesma rua...

Daqui de longe faço a ponte para os mais variados mundos, partindo ávido e insandecido pelos outros espaços que me cabem, ou não...

A chuva continua...

Transborda meu coração quando chove em Candeias!!!

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...