terça-feira, abril 21, 2009

Eu sempre acreditei na lua


Eu sempre acreditei na lua.

Quando ela me olhava no alto de toda sua luz, toda cheia de sí, estava sempre no canto do céu, no espaço que era todo seu.

Parecia que havia dormido e bebido o dia inteiro e agora descansava serena com as pernas soltas no ar.

Me lembro bem de quando ela acenava pro cometa que passava apressado e de quando pergunta silenciosamente em reflexo para o mar se estava exuberante como sempre.

Uma estrela era amiga íntima da lua, dividiam segredos, contavam seus sonhos, trocavam olhares de longe e sabiam de toda doçura do universo.

Eu sempre acreditei na lua! Crescente , quente, inconsequente e abominavelmente!Feito louco apaixonado!

Eu sempre acreditei na lua!

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...