domingo, março 16, 2008

O Juizo Veio Falar Comigo

O juizo veio falar comigo
Sentou á mesa do bar
Sacudiu a cabeça sorrindo
Acendeu um cigarro a fumar
Calculou bem exato meu tempo
Deu um trago e um soco no ar
Perguntou sobre as horas sorrindo
E pediu para eu esperar
Me olhou bem no fundo dos olhos
As palavras se vestiam de ar
Reparou na leveza da tarde
Perguntou se podia ficar
De repente gargalhou feito louco
Outro traga, outro soco no ar
Levantou de um jeito tão lento
E se foi sem mais nada falar ...

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...