sábado, março 15, 2008

Mesmo Agora


Mesmo agora triste

Por esses pedaços caidos

Mesmo assim respiro

E assombro com sorrisos

Mesmo nesse tempo seco

Sem uma cor que me alegre

Sem um palpite certo

Acendo meu cigarro

Nesse fuso horario errado

Nessa angustia de incertezas

E no meu coraçao desfigurado

Preservo as memorias

Mesmo nesse instante oco

Nesse descompasso louco

Erro a direçao

Mas viajo nos meus passos...

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...