sábado, agosto 13, 2011

Terror

O terror poetico nao morreu, esta escondido debaixo do cerebro esperando o proximo disparo repentino. Se associou invisivelmente ao anonymous e esta em uma esquina oculta qualquer com uma cerveja na mao...nao acredita em disco voador mas acredita na fama da televisao. Sabe que a luz forte cega e tira a direção,, sabe que seu caminho é feito de pedras vulcanicas e os pes apressados sempre pagam a conta...Não desperdiça tempo, a nao ser que seja pra santidade da ociosidade criativa..estabelce regras proprias onde é o seu proprio chefe ..e seu proprio mundo.
Satiriza o diabo e nunca vai entender como a derrota antecipada ainda gera esforços...atira pra matar!Sobe em queda livre e traz no peito exposto o resto do coraçao que lhe sobrou!!!

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...