domingo, julho 10, 2011

Manhã

De todo ar que  respiro, de toda vontade intima que rezo, de tudo que penso e me apavora o norte: Tenho certeza: A madrugada conforta...
De todo sono perdido...de toda noite confusa...de toda alegria que jorra...tenho certeza ...é meio de madrugada...
E quão drogada e dormente a razao...e de tudo que cabe no coração...tenho incerteza: A queda me assusta...
De tudo que fica na memoria..de tudo que fica atras dos olhos...de tudo que move e alimenta...penso pensando:Quero o sol invisivel com o canto dos passaros...!
Manha! Que amo manha! Seja depois de amanha, daqui mil anos na morte ou mesmo daqui 75 dias na vida:
Te amo manha sonolenta...Mas nao te quero acordada..nao te quero correndo na praia...nao te quero a pleno vapor em plenos pulmoes: Te quero descansada, te quero nos sonhos coloridos e em toda  serena  leveza e  calor de seus colchoes!!

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...