sábado, dezembro 25, 2010

O Amor lava os sapatos da Paixão

O amor lava os sapatos da paixão.
Enquanto a paixão volta cambaleante e embriagada para sua casa, o amor colhe seus passos.
A paixão corre louca, tropeça, se deixa ferir nos espinhos do inesperado, enquanto o amor lê calmamente o jornal. A paixão quebra as conveniencias, sorri em gargalhadas, despeja e despreza as melhores cores e os melhores vinhos. Já o amor assiste a tudo pela janela sentindo a ausencia das lágrimas que ja nem caem mais.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...