domingo, março 14, 2010

Ele Deve Ser Doido

Eu ouvi falar que ele era louco! Ah ! Ele é louco! Mas eu nao conseguia acreditar na loucura daquele rapaz de camisa para dentro das calças, oculos correto, e um cabelo milimetricamente desgrenhado. Eu vi a foto desse elemental estampada num site de novos literatos, onde esbanjava suas tristezas que rimavam amor com dor!
Se voce nao ficar, eu morrerei!
Mas sem voce, nao ficarei!
...e la vinha mais uma pérola desse que diziam ser louco, deixando seus versos apaixonados soando todo o amor que esta escondido com qualquer fundo musical...dançante!feliz!!
Eu comecei a achar que os doidos estavam todos misturados na arquibancada! Era uma epoca de festa grande, uma grande festa ao contrario!
Acho que nao havia nada de louco naqueele duende e que o horror do novo sempre causa alguns terremotos, mas naturais terremotos naturais.
Tratei logo de acender um cigarro disfarçado, escondido entre meus dois dedos viciados, abri uma cerveja gelada e esqueci da minha loucura.

Um comentário:

Priscylla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...