sexta-feira, fevereiro 19, 2010

Vento



...Ei , vento amigo! Leve meu ar por ai! Deixe o aroma de tudo que sou, do que fui e do que sera de mim... Me resuma em velocidades, direçoes, tempestades e brisa leve, faz da minha essencia uma cor viva no ar. Não se importe em ir alto com as emoções, não se importe se deixar assustada a planta imovel, pensando que voce partiu sem deixar sequer um bilhete...Vá! Avante! Derrube placas, sinais, não peça licença pra bater a porta subitamente, porta que a muito esperava por uma ventania dessas... Corre pelos cantos do mundo, do meu mundo , e destelha toda emoçao, toda mentira, toda ilusão... Faz um furacão no que desejei arduamente! Cause curto- circuito! E deixa que a garoa te leve de volta a sanidade do mar...

Um comentário:

Priscylla disse...

Te amooooooooooooo sempre... minha vida!

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...