quarta-feira, janeiro 13, 2010

Depois de Nós



Os amores do mundo... são tantos mundos... E eu tristemente osbervo a tristeza , o fim do amor alheio ou a cegueira que os anos trazem imperceptiveis pra quem esta lado a lado.
Então tudo incomoda. Ate a voz. Ate o sorriso. E isso é um erro absurdo que a falsa segurança traz. Ouve - se entao agora o " tarde demais ! ". Não há mais o que fazer quando a cor se desbota e o vento sopra em outra direção, o velho sapato na porta esta ávido por novos caminhos, novas estradas. Ledo engano do sapato...
Tudo se refaz, os anos trazem um soco no meio da face antes certa, decidida, e faz com que a mesma face se desfaça em sangue e arrependimento. Ouve - se novamente :Tarde demais !!
O incrivel é que continuamos vivos! Mortamente vivos pela metade, vivos por um só lado mas acima de tudo vivos. E outro mundo brota com nome de verdade. Verdade que era conto de fadas. Verdade que traz á carne toda dor.
O corpo esta cansado mas nao é hora de parar, de olhar e dizer que é tempo de desistir. Não!
Temos que assinar o fim da historia por amor proprio e por tudo que vem depois de nós.
Sigo os passos...

Nenhum comentário:

Arquivo do blog

Quem sou eu

Minha foto
Filme na madrugada. Disco velho. Livro empoeirado. Caixa fechada. Coração trancado. Monossilabo. Plural. Só. Viajante . Caseiro.
Loading...